ESPECIAL ENEM: A NOTA

Publicado por Caroline Dähne em

Os resultados finais da prova só serão divulgados em janeiro de 2019. Mas, conhecer como é realizado o cálculo da nota pode contribuir para elaborar suas estratégias de resposta.

Nas postagens anteriores, já comentamos sobre como funciona a prova do Enem, https://nastramasdeclio.com.br/enem/especial-enem-a-prova/

 E como você pode utilizar a tua nota https://nastramasdeclio.com.br/enem/dicas-prova-enem/.

Ao contrário do que muitos pensam, a nota do ENEM não é realizada simplesmente a partir da somatória das questões corretas. Certamente, esse processo tradicional de atribuição de notas geraria inúmeros problemas.

Por exemplo, a imensa quantidade de candidatos com o mesmo número de acertos, o que dificultaria a elaboração de critérios de desempate. Além disso, geraria uma “premiação” para aqueles sortudos que acertaram várias questões no “chute”.

Mas, como é realizada a correção da prova então?

post do instagram nota do enem

Teoria de Resposta ao Item (TRI):

Buscando evitar essas situações e realizar uma avaliação do desempenho dos candidatos de forma mais coerente, o Inep utiliza um algoritmo na correção das provas.

Ele realiza uma análise individual das respostas de cada caderno, buscando calcular o desempenho através de escalas de proficiência. Ou seja, o que é realmente avaliado é o resultado do seu comportamento durante a prova, buscando medir o seu conhecimento.

Assim, a média não depende só do número de questões corretas que você assinalou no gabarito. Mas sim da consistência das respostas de acordo com o seu nível de dificuldade.

Essa inteligência artificial busca então determinar as questões que você respondeu porque realmente sabia a resposta (pontuação cheia). E as que você provavelmente chutou, já que difere do domínio dos graus de dificuldade apresentados na maioria das suas respostas (pontuação parcial).

post do instagram teoria de resposta ao item

Estratégias para melhorar a nota:

Sabendo que o ENEM utiliza esse parâmetro na correção das questões, uma estratégia básica é nunca deixar questões em branco. Já que, elas vão acarretar em nenhuma pontuação.

No caso de você não saber a resposta correta, não faça os famosos “minha mãe mandou eu escolher esse daqui” ou “letra d de Deus”. Em outras palavras, isso pode interferir na tua pontuação final para menos.

Busque realizar a leitura novamente e tentar escolher a opção mais provável. O que poderá te ajudar a manter um padrão de coerência nas respostas.

Redação:

A redação é corrigida por dois corretores independentes, que atribuem notas de zero a 200 pontos por competência avaliada.

Tendo em vista que nela são analisadas cinco competências, a nota total é a somatória desses pontos. 

Já a nota final da redação, consiste na média aritmética entre as notas atribuídas pelos dois corretores e variam de zero a 1000 pontos.

Referência:

Edital nº 16, de 20 de março de 2018. Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2018. Disponível em: https://enem.inep.gov.br/

Categorias: ENEM

Caroline Dähne

Mestre em História, Cultura e Identidades e graduada em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Desenvolve pesquisas relacionadas a Segunda Guerra Mundial, Discursos jornalísticos, Patriotismo e Nacionalismo, Imprensa brasileira e Propagandas de guerra. Atualmente atua como professora de História na rede particular de ensino na cidade de Curitiba-PR.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *