ESPECIAL ENEM: A PROVA

Publicado por Caroline Dähne em

A falta de conhecimento de alguns alunos sobre como funciona a prova do ENEM, faz com que a forma que estudam para ela seja equivocada.

Nesse sentido, na postagem anterior, explicamos como você pode utilizar sua nota do Enem em programas que garantem vagas no ensino superior. https://nastramasdeclio.com.br/enem/dicas-prova-enem/

Diferente da maioria dos vestibulares tradicionais, nela não se procura que o aluno demonstre que decorou o conteúdo. Mas, que ele é capaz de interpretar situações problema a partir dos seus conhecimentos. Consequentemente, o candidato deve estabelecer relações entre o passado, o conhecimento escolar e a atualidade.

post do instagram como funciona a prova do ENEM

Matriz de referência:

Fugindo da decoreba tradicional, a prova do ENEM traz questões contextualizadas e interdisciplinares, nas quais o aluno tem que demonstrar que possui competências e habilidades.

Mas, afinal, o que é isso?

A competência pode ser entendida como a capacidade do aluno de mobilizar os seus diversos conhecimentos para sugerir propostas de resoluções para situações problema. Nesse caso, ela representa o conhecimento, o “saber saber”.

Por outro lado, a habilidade, se refere a demonstração dessas competências na prática, ou seja, o “saber fazer”.

Estrutura básica da Prova do Enem:

Com a orientação das competências e habilidades, as questões são elaboradas seguindo uma organização que traz, por exemplo:

  • Um elemento textual ou imagético que será a base da análise;
  • Seguido da sua referência bibliográfica (que em alguns casos pode contribuir para pensar a resposta);
  • Acompanhado do enunciado, que vai nortear aquilo que se espera que seja respondido;
  • Cinco alternativas que oferecem, uma resposta correta e quatro distratores, os quais são opções incorretas para aquela pergunta, porém plausíveis, ou seja, nada de pegadinhas!

Composição da prova:

Provas objetivas: São ao total quatro cadernos com 45 questões de múltipla escolha cada, além disso, as 180 questões que o aluno responderá nos dois dias de prova contam com cinco opções de resposta.

Assim, os cadernos são divididos por área de conhecimento, que nesse ano serão aplicados em:

Dia 04/11: Linguagens, códigos e suas tecnologias + Ciências Humanas e suas tecnologias + redação;

Dia 11/11: Ciências da Natureza e suas tecnologias + Matemática e suas tecnologias;

Redação: Em segundo lugar, o candidato recebe textos motivadores e o enunciado com o tema. No qual, deve elaborar um texto com estrutura dissertativa-argumentativa, apresentando em no mínimo 7 e no máximo 30 linhas argumentos e propostas de intervenção referentes ao problema abordado.

Referência:

Edital nº 16, de 20 de março de 2018. Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2018. Disponível em: https://enem.inep.gov.br/ 

Categorias: ENEM

Caroline Dähne

Mestre em História, Cultura e Identidades e graduada em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Desenvolve pesquisas relacionadas a Segunda Guerra Mundial, Discursos jornalísticos, Patriotismo e Nacionalismo, Imprensa brasileira e Propagandas de guerra. Atualmente atua como professora de História na rede particular de ensino na cidade de Curitiba-PR.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *