Porque o nome Nas tramas de Clio?

Publicado por Jessica Leme em

Já faz um tempo que alguns de nossos leitores e amigos tem nos perguntado o porque do nome “Nas Tramas de Clio” do Blog.

Então chegou o esperado dia para tal explicação.

O grupo

A ideia de disseminar conteúdos da área de História e também de unir profissionais da área começou em 2010 quando criei um grupo no Facebook.

Lá compartilhávamos textos, imagens, coisas simples que nos auxiliavam no dia a dia.

Depois disso o grupo foi crescendo sem que eu esperasse e quando percebi já continha mais de 600 pessoas.

Dessa maneira, fui perdendo o controle das mensagens e das publicações. Surgiu então a ideia da página no Facebook, e aí sim eu precisaria de um nome.

A página no Facebook

Pintura de Francesco Furini retratando a musa grega Clio.
fonte: https://pt.wahooart.com/@@/A2A3YV-Francesco-Furini-Clio,-a-musa-da-hist%C3%B3ria

Porque Clio?

Ao criar a página queria fugir de nomes muito clichês, ou que trouxessem a palavra História na sua composição porque a grande maioria das páginas é denominada assim.

Diante disso, como sempre gostei de Mitologia Grega e já publicava textos em outro Blog pessoal chamado Atena, decidi por bem usar o nome da Musa Clio, que tem o significado de “A Proclamadora”.

Clio é considerada a protetora dos historiadores, sua função no Olimpo era a de divulgar informações e influenciar os homens nos aspectos políticos.

Consequentemente, sua representação artística por vezes traz a musa com um pergaminho nas mãos.

Por outras, ela pode surgir carregando um livro de Tucídides, historiador responsável pela escrita acerca da Guerra do Peloponeso, ocorrida entre Atenas e Esparta.

A musa Clio também aparece segurando uma trompeta, que representa a divulgação da História.

Então, “Nas tramas de Clio” tem a pretensão de nos enredar nas veredas da História!

O nascimento do Blog: Nas Tramas de Clio

Diante do crescimento da página, posteriormente tive o desejo de começar a compartilhar mais com meus colegas e amigos aquilo que eu produzia no meu trabalho.

Nesse momento, convidei minha melhor amiga e companheira de vida acadêmica Caroline Dähne, para produzirmos um simples Blog, que levaria o mesmo nome da página do Facebook.

A princípio a ideia era de apenas publicarmos material que nós produzíamos para nossas aulas e assim iniciamos em 2018.

Com o passar do tempo e para nossa surpresa o feedback começou a ser muito positivo, onde tínhamos muitos acessos de pessoas desconhecidas para nós.

Nesses acessos tínhamos pedidos de ajuda, agradecimentos, elogios e críticas, que nos fizeram pensar que nossa “distração” poderia sim ser um espaço de troca e aprendizagem para professores e alunos.

A partir daí melhoramos nossas publicações, passamos a dar mais atenção aquilo que nossos colegas nos pediam e desenvolvemos um olhar diferenciado sobre como pensar e ensinar História na atualidade.

Hoje nosso site já tem mais de um ano, nossa página já completa quase 3 e estamos iniciando nosso canal no Youtube. Estamos muito felizes que essa nossa ideia esteja acima de tudo ajudando colegas professores e alunos.

Novos desafios nos aguardam nesse ano e que seja um bom ano Letivo a todos.

Seguimos! Até mais!


Jessica Leme

Professora Mestre em História Cultural e Graduada em História Licenciatura na Universidade Estadual de Ponta Grossa. Pesquisa História e Fotografia; Nova História Política; Atualmente leciona na Rede Pública do Estado de São Paulo.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *