Curitiba-PR: Viagem + História

Publicado por Caroline Dähne em

Certamente conhecida pela organização do seu planejamento urbano e pela sua área verde, a cidade de Curitiba é a capital do estado do Paraná e fica na região sul do país. Embora quem more aqui tenha inúmeras reclamações quando o assunto é trânsito e transporte público, a cidade famosa pelas estações tubos, ainda é referência quando comparada com outras cidades brasileiras.

Assim, apelidada de Capital Ecológica do Brasil, a cidade já recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais referentes à educação, transporte público, sustentabilidade e em outras áreas. Nesse sentido, em 2010 recebeu o prêmio de Cidade mais sustentável do Mundo, organizado pela instituição suíça Globe Fórum.

Dessa forma, com diversas oportunidades de lazer ao ar livre, ao todo são cerca de 30 parques, Curitiba atrai turistas de diversos estados e países.

Post do Instagram com o título da postagem: Curitiba, História + Viagem.

História de Curitiba

Fundada em 1693 com o nome de Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, recebeu o nome de Curitiba só em 1721 e ganhou importância no cenário nacional a partir de 1812, quando teve um crescimento no comércio proporcionado pela sua localização estratégica no Caminho de Viamão com a passagem dos tropeiros.

Conforme o passar do tempo, teve em sua formação diversos povos, desde os indígenas das tribos jê e tupi-guarani, que já habitavam o território antes da chegada dos portugueses, até os africanos que foram escravizados na região.

Posteriormente, por volta do século XIX recebeu inúmeros imigrantes europeus, principalmente alemães, italianos, ucranianos e poloneses. Nesse sentido, por ter sido importante entreposto comercial durante o tropeirismo, também recebeu diversos gaúchos, mineiros e paulistas em seu território. Assim, consequentemente, toda essa mistura étnica contribuiu para a formação cultural, arquitetônica e gastronômica da cidade.

Lugares para aprender história passeando em Curitiba

Assim, se você está programando uma viagem para Curitiba nas suas férias, que tal incluir nossas dicas no seu roteiro?

Feirinha do Largo da Ordem

Considera como Patrimônio Imaterial de Curitiba em 2018 pelo Conselho Municipal de Patrimônio Cultural (CMPC), a feirinha acontece todos os domingos no Centro Histórico de Curitiba.

Sua origem remonta à década de 1970 com as vendas de artesanatos feitas por grupos hippies na cidade, com o passar do tempo o movimento foi aumentando, e hoje a feira conta com aproximadamente 1300 feirantes.

Certamente uma referência da Identidade curitibana, lá você encontra diversos tipos de artesanato e opções gastronômicas típicas de vários lugares do brasil e do mundo.

Fotografia da feira do Largo da Ordem em Curitiba.
Feira do Largo da Ordem
Acervo Pessoal, 2019.
Visitação

Domingos das 9h às 14h

Impressão

Assim, a Feirinha do Largo da Ordem costuma atrair diversos turistas e locais, ficando bastante cheia em dias de sol. Nesse sentido, minha dica é passe protetor solar e vá preparado para andar bastante por entre as banquinhas, coma um pastel de costela e depois pare no Bar do Alemão e tenha contado com comidas e bebidas típicas.

Museu Paranaense

Em frente a Feirinha do Largo da Ordem está localizado o Museu sobre história paranaense, que conta com um acervo de cerca de 400 mil itens, que vão desde a Pré-História Paranaense, a arte indígena e afro-brasileira até a História do Paraná.

Aliás, o prédio Palácio São Francisco, onde o museu está localizado foi construído por volta de 1928, se tornou sede do governo estadual do Paraná até 1953, Tribunal Regional Eleitoral até 1961 e foi finalmente tombado em 1987 passando a ser o Museu de Arte do Paraná. No ano de 2002 recebeu o acervo do Museu Paranaense que existia desde o ano de 1876.

Resultado de imagem para museu paranaense
Museu Paranaense
Disponível em: http://www.museuparanaense.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=48
Visitação

A entrada para o Museu Paranaense é gratuita.

Terça a sexta 9h as 17h30

Sábado e domingo 10h as 16h

Mais informações pelo telefone 41 3304-3300.

Museu do Expedicionário

No ano de 1944 o Brasil enviou aproximadamente 25 mil soldados para combater as forças do Eixo na Itália durante a Segunda Guerra Mundial. Nesse sentido, esses homens integravam a Força Expedicionária Brasileira, e é em homenagem a eles que o Museu do Expedicionário foi criado em 1980.

Por isso, nele existem exposições sobre o Brasil na Segunda Guerra Mundial, os equipamentos utilizados pela FEB, coletânea de munições, objetos utilizados por vários países, a participação das enfermeiras na guerra.

Nesse sentido, também tem uma sessão sobre a história do Sargento Max Wolf Filho, voluntário em inúmeras missões e morto em combate em solo italiano, e a Legião Paranaense do Expedicionário.

Dessa forma, acredita-se que o Museu tenha um dos maiores acervos sobre a FEB. Inclusive na sua área externa, onde estão expostos símbolos que representam todas as Forças Armadas brasileiras. Assim, uma âncora e um torpedo representando a Marinha, um carro de combate blindado simbolizando o Exército e um avião Thunderbolt P-47 original, utilizado na guerra na Itália pelo 1º Grupo de Aviação de Caça da Força Área Brasileira.

Fachada do Museu do Expedicionário.
Museu do Expedicionário.
Arquivo Pessoal, 2014.

Ainda nesse sentido, a fachada do prédio que abriga o museu possui uma escultura que representa a Infantaria brasileira que lutou em solo italiano. Na praça em frente ao museu, além das peças que representam as Forças Armadas, existe uma lápide em homenagem aos 28 soldados paranaenses mortos em combate na Segunda Guerra Mundial.

Visitação

A entrada para o Museu do Expedicionário é gratuita.

Terça a sexta 9h as 12h   14h as 17h

Sábado e domingo 10h as 12h   14h as 17h

Mais informações pelo telefone 41 3362-8231.

Ônibus Linha Turismo de Curitiba

Aliás, ao todo Curitiba possui mais de 70 Museus, Casas de Memória e Acervos Históricos, com mais os cerca de 30 parques, as opções de turismo na cidade são bem variadas e atendem todos os públicos.

Assim, se você pretende visitar a cidade nas férias, uma boa opção é utilizar os ônibus da Linha Turismo. Nele você paga R$ 50,00 pelo cartão de embarque, pode ser comprado diretamente nos ônibus, e que pode ser utilizado por um período de 24 horas com embarques ilimitados.

Dessa forma, são ao total 26 opções de embarque e desembarque em pontos turísticos da cidade, como museus, teatros, praças e parques.

http://urbs.curitiba.pr.gov.br/images/transporte/turismo/mapaTurismo.png
Trajeto dos ônibus da Linha Turismo
URBS
Disponível em: http://urbs.curitiba.pr.gov.br/transporte/linha-turismo Acesso em: 06/12/2019
Utilização

Nesse sentido, os ônibus funcionam de terça a domingo das 9h até o último embarque as 17h30.

São vários pontos para embarque, ou seja, você pode comprar seu cartão diretamente no ônibus em qualquer ponto, sendo o inicial na Praça Tiradentes.

Mais informações pelo telefone 41 3350-6456.

Viagem + História

E você, quando viaja costuma reparar na história dos lugares que está conhecendo?

Nesse sentido, continuando com o nosso especial de férias, nas próximas semanas traremos mais sugestões de lugares históricos para você visitar nas suas viagens pelo Brasil.

Referências Bibliográficas:

CURITIBA TURISMO. Feira do Largo da Ordem.

EXÉRCITO BRASILEIRO. Museu do Expedicionário.

PREFEITURA DE CURITIBA. História – Fundação e Nome da Cidade.

SECRETARIA DA COMUNICAÇÃO SOCIAL E DA CULTURA. MUPA– Museu Paranaense.

URBS. Linha Turismo.


Caroline Dähne

Mestre em História, Cultura e Identidades e graduada em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Desenvolve pesquisas relacionadas a Segunda Guerra Mundial, Discursos jornalísticos, Patriotismo e Nacionalismo, Imprensa brasileira e Propagandas de guerra. Atualmente atua como professora de História na rede particular de ensino na cidade de Curitiba-PR.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *