Heavy Metal e ensino de História

Publicado por Caroline Dähne em

Entre as várias possibilidades de estilos musicais para se trabalhar com o ensino de história, o meu preferido é o Heavy Metal.

Esse estilo nos fornece uma grande variedade de vantagens para uma análise aprofundada, principalmente a estranheza que desperta na maioria dos alunos. Nesse sentido, tirando uma meia dúzia que normalmente escuta músicas do estilo, na maioria das salas de aula os alunos no geral não as conhecem, o que por si só já desperta seu interesse.

Outro fator, é a possibilidade de desenvolver análises de forma interdisciplinar, nesse sentido, isso depende muito da realidade da escola na qual a atividade vai ser desenvolvida e da criatividade do professor em adaptar essas ideias para a sua realidade escolar.

Post do instagram com o título da postagem: Heavy Metal e o ensino de História.

Heavy Metal: recurso didático

Conforme diversos historiadores que se dedicam a pesquisar as relações da História com a música estabelecem a necessidade de realizar uma análise ampla da canção. Assim, o historiador Marcos Napolitano ressalta a importância de, além da letra, perceber também o que nos demonstra a melodia e o seu contexto de produção.

Dessa forma, para entender melhor como utilizar músicas como recurso didático você pode ler nossa última publicação: Música como recurso no ensino de História.

Quando o assunto é Heavy Metal, a utilização dos instrumentos pelos músicos é bem peculiar, já que o estilo é marcado pelo vigor e velocidade na execução do som. Por exemplo, quando se trata sobre a temática belicista é comum a utilização dos instrumentos na tentativa de reproduzir sons parecidos com os disparos de armas ou marchas de tropas.  

Interdisciplinaridade: Heavy Metal

Para que a análise seja feita de forma mais completa, o professor pode tentar uma parceria com professores de outras áreas que estejam dispostos a realizar uma atividade interdisciplinar.

Dessa forma, nesse caso específico, a atividade proposta está relacionada com a disciplina de física e de inglês.

O plano de aula descrito abaixo de análise de letras de Heavy Metal leva mais de uma aula para ser executado, já que envolve diversas etapas e disciplinas diferentes. Mas existem diversas maneiras de adaptá-lo a sua realidade, é só usar a criatividade.

Primeiro passo: temática + sorteio da música

Para que essa atividade seja bem desenvolvida é necessário que a temática já tenha sido trabalhada em sala de aula e que, consequentemente, os alunos tenham domínio do assunto.

Heavy Metal e as Guerras Mundiais

Certamente, no primeiro momento, é importante separar os alunos em equipes e sortear as músicas que eles devem realizar a análise:

  • Aces High- Iron Maiden.
  • Bomber- Motörhead.
  • Smoking Snakes- Sabaton.
  • One – Metallica
  • Panzerkampf – Sabaton

Assim além do conteúdo trabalhado em sala de aula, essa primeira etapa envolve uma pesquisa mais aprofundada sobre os temas específicos. Desse modo, para isso é necessário que a equipe pesquise:

  • Breve contexto histórico do conflito;
  • Histórico da Banda;
  • Breve relação entre o uso de músicas em tempos de guerra (nas batalhas e como propaganda);

Segundo passo: análise da letra da música

Com a pesquisa preliminar em mãos é hora de iniciar a análise da letra da música sorteada. Nesse sentido, é importante que os alunos separem as estrofes e observem minuciosamente o que elas dizem, grifando nomes que eles não conheçam, associando figuras de linguagem com o histórico do conflito e observando os seguintes aspectos:

  • Mensagem transmitida pela música;
  • Países beligerantes que são retratados na música;
  • Estratégias bélicas utilizadas (se houver);
  • Tecnologia bélica apontada (se houver);

Logo, é nessa parte que entra a interdisciplinaridade com a disciplina de inglês. Facilmente pode ser realizada a análise somente pela tradução da letra, mas com isso pode-se perder significados que somente a letra original pode acrescentar na música.

Nesse sentido, uma análise orientada com professores de ambas as disciplinas enriquece o processo de aprendizado através da música.

Terceiro passo: análise da melodia da música

Não é só a letra da música que transmite uma mensagem, o som também pode trazer significados. desse modo, para entender essas possibilidades é necessário que os alunos identifiquem:

  • Qual é o gênero musical da canção?
  • Como o Heavy Metal transmite mensagens, além de através da letra?
  • Quais os instrumentos utilizados?
  • Como a sonoridade e a interpretação do cantor ou da banda é realizada?

Nesse sentido, pode ser realizada a análise interdisciplinar com a disciplina de Física, analisando:

  • Como os instrumentos utilizados na música funcionam?
  • Qual a relação do seu funcionamento com as Leis da Física (acústica)?
  • Qual o objetivo da sua utilização (exemplos);

Quarto passo: elaboração de mural

Enfim, análise realizada, está na hora de elaborar a atividade para mostrar os resultados que a pesquisa levantou.

Nesse sentido, cada equipe deverá elaborar um mural colocando as informações levantadas através das questões norteadoras da análise, seguindo as seguintes especificações (que podem ser adaptadas):

Orientações gráficas:

  • Mural tamanho 1m x 1m;
  • Material para o mural: pode ser utilizado isopor ou papelão.
  • Mural colorido;
  • Letra legível (possibilidade de ter trechos impressos).
  • Linguagem verbal: frase de impacto; palavras chave; esquemas (mapa mental).
  • Identificação do conflito (utilizar elementos que possam identificar o país e a guerra/batalha retratada na música, exemplo: 1ª GM – trincheiras).
  • Linguagem não verbal: imagem e símbolos (podem ser utilizadas imagens prontas).
  • Uso de cores de acordo com o conflito (lembrando que as cores também transmitem mensagens).

Para finalizar a atividade, os professores envolvidos podem organizar uma exibição dos murais elaborados em sala de aula para que o restante dos alunos da escola possam perceber as relações entre músicas de Heavy Metal e os conteúdos das disciplinas de História, Física e Inglês.

Fotografia de exposição de murais de análise de letras de Heavy Metal.
Exposição de murais desenvolvidos na aula de História.
Acervo pessoal (2018)
Usou alguma das nossas dicas em sala de aula? Conta pra gente nos comentários ;)

Referências bibliográficas:

DÄHNE, Caroline Loise; MOLAR, Jonathan de Oliveira. A música como recurso pedagógico: a representação dos bombardeios aéreos da 2ª Guerra Mundial nas letras de Heavy Metal. História e Ensino. História & Ensino, Londrina, v. 18, n. 1, p. 239-257, jan./jun. 2012.

HERMETO, Miriam; SOARES, Olavo Pereira. Entrevista – Marcos Napolitano História e música popular: entre a historiografia contemporânea e as práticas de ensino na Educação Básica. Revista História Hoje, vol. 6, nº 11, 2017.

NAPOLITANO, M. História & Música- história cultural da música popular. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.


Caroline Dähne

Mestre em História, Cultura e Identidades e graduada em Licenciatura em História pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Desenvolve pesquisas relacionadas a Segunda Guerra Mundial, Discursos jornalísticos, Patriotismo e Nacionalismo, Imprensa brasileira e Propagandas de guerra. Atualmente atua como professora de História na rede particular de ensino na cidade de Curitiba-PR.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *